segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Ainda os fretados

A polêmica sobre a restrição aos ônibus fretados continuou com força ao longo da semana passada. De fato, mais do que o direito, a Prefeitura tem o DEVER de regulamentar o uso deste transporte dentro da cidade. A Prefeitura está correta quando propõe estacionamento em locais específicos e o cadastramento das empresas.

O erro é a radicalização da medida, quando a Prefeitura simplesmente restringe o uso de fretados nas áreas em que ele é mais utilizado. A conseqüência dessa medida extrema é o retorno aos automóveis por parte da maioria dos usuários de fretados. Propor que os usuários de fretado se integrem ao transporte público já existente na cidade é uma piada de mau gosto, pois o sistema de transporte público de São Paulo é um dos piores do mundo, é ineficiente e está totalmente saturado.

Em parte, os usuários dos fretados têm sua razão ao protestar contra as medidas da Prefeitura. Mas, falta a eles terem uma visão mais coletiva da cidade e exigirem, não (apenas) o retorno dos fretados, mas sim uma reestruturação do transporte público para que eles possam, de fato, utilizá-lo.

Somente quando diferentes classes sociais da cidade perceberem que vivem os mesmos problemas é que São Paulo irá se tornar um lugar melhor para se viver. Enquanto cada um só se preocupar com seu problema individual, continuaremos engarrafados, com ou sem fretados.

**********

De São Paulo-SP.

Um comentário:

  1. A última frase foi inspirada taquaral, gostei muito dela.

    ResponderExcluir